Cosmiatria

Radiofrequência Fracionada: Mega Pulse Fraxx

É um aparelho de radiofrequência fracionada que se acopla ao Wavetronic digital, equipamento utilizado em procedimentos cirúrgicos para eletrocoagulação (“cauterização”).

O Fraxx proporciona a aplicação de energia de alta frequência através de uma caneta com 64 eletrodos, sendo liberada de forma pulsada, ou seja, os eletrodos são ativados em sequências randomizadas. A radiofrequência é fracionada, formam-se 64 colunas que vaporizam a pele e apresentam áreas de pele sã entre elas, permitindo uma cicatrização mais rápida. Este é o mesmo princípio dos lasers fracionados. Estas colunas atingem a epiderme e a derme, estimulando a produção de colágeno.

  • Indicações:
  • • Flacidez da pele;
  • • Rugas;
  • • Olheiras;
  • • Estrias antigas (“brancas”);
  • • Cicatrizes de acne;
  • • Cicatrizes hipertróficas (“espessadas”) pós-cirurgia;
  • • Rejuvenescimento facial.

Procedimento

Duas a quatro semanas antes do procedimento, realiza-se o preparo da pele com creme prescrito pelo dermatologista. Além disto, é importante evitar exposição solar antes e após o procedimento, sendo indispensável o uso de filtro solar.

A aplicação prévia de anestesia tópica é necessária nos locais em que irá realizar o procedimento.

A pele é higienizada visando torná-la limpa e sem resíduos de maquiagem ou poluição.

A radiofrequência é aplicada sobre a pele produzindo discreta sensação de queimação.

Durante o procedimento, observa-se leve contração da pele, devido à contração das fibras de colágeno. Após o tratamento, ocorre eritema (vermelhidão) e edema da pele que regridem em 24 – 48 horas, surgindo microcrostículas que desaparecem entre 5 a 7 dias.

O tempo de recuperação é de 7 dias. Poucos pacientes precisam se afastar de suas atividades habituais neste período.

O número de sessões depende da indicação de tratamento. O intervalo entre as sessões é de 4 semanas.

  • Contra indicações:
  • • Marca-passo, desfibrilador interno ou algum outro implante elétrico ativo em qualquer lugar do corpo.
  • • Implante permanente na área tratada, como: placas e parafusos de metal ou preenchedor dérmico permanente (exemplo, polimetilmetacrilato – PMMA).
  • • Gestação.
  • • Presença ou histórico de doenças estimuladas pelo calor.
  • • Infecções cutâneas em atividade, como: herpes simples.
  • • Em tratamento com isotretinoína oral (Roacutan®).