Dermatologia Clínica

Manchas na Face

Manchas escuras na face são motivos de incômodo para muitos pacientes. O primeiro passo é determinar qual o tipo de mancha que você tem, antes de tratá-la. Vale ressaltar que um paciente pode ter mais de um tipo de mancha no seu rosto.

Melasma ou “Mancha da Gestação”

Manchas acastanhadas na face que ocorrem principalmente nas bochechas, testa e lábio superior.

Acometem principalmente mulheres na fase reprodutiva. Mas também ocorrem em homens – 10% dos casos.

Fatores causais: exposição solar, história familiar, aumento dos hormônios femininos, gestação, uso de anticoncepcionais e terapia de reposição hormonal.

Melanoses Solar ou “Manchas Senis”

Manchas escuras na pele localizadas em áreas expostas ao sol: rosto, colo, ombros, dorso das mãos e braços.

São mais comuns em pessoas de pele clara com história de exposição solar intensa no decorrer da vida.

Efélides ou “Sardas”

Pequenas manchas acastanhadas que ocorrem principalmente em jovens de pele clara e ruivos, no dorso do nariz e bochechas.

Tratamento
O primeiro passo é a utilização adequada de filtro solar.

Baseado no seu tipo de mancha e nas características da sua pele, o dermatologista irá optar por clareadores tópicos, realização de peelings, aplicação de laser ou luz intensa pulsada, entre outras opções terapêuticas.