Dermatologia Cirúrgica

A Cirurgia Dermatológica é uma área de atuação da Dermatologia que abrange procedimentos diversos, capazes de remover ou modificar a pele e o tecido celular subcutâneo, sejam eles diagnósticos, cirúrgicos, cosmiátricos ou oncológicos. Dentre os procedimentos realizados, podemos destacar: criocirurgia; remoção de pintas, cistos, câncer de pele; eletrocirurgia; procedimentos a laser; preenchimentos; cirurgia Micrográfica de Mohs; cirurgia de unha; transplante de cabelos.

O profissional que realiza tais procedimentos é obrigatoriamente um médico dermatologista, com título de especialista em dermatologia e aprovado em concurso pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Deste modo, ao conhecimento clínico da fisiologia da pele e de suas patologias, soma-se o domínio das técnicas cirúrgicas, assegurando mais segurança aos pacientes tratados.

Abrangente, a Cirurgia Dermatológica engloba desde tratamentos para melhorar a qualidade de vida e a auto-estima de seus pacientes – como peelings e preenchimentos, por exemplo – até tratamentos para câncer de pele e outras doenças, utilizando o que existe de mais moderno em terapêutica médica. Ela pode ser dividida em:

  • • Cirurgia básica: remoção de pintas, cistos, lipomas, unha encravada, etc.;
  • • Cirurgia avançada: retirada de tumores e cânceres de pele, enxertos, correção de cicatrizes, etc.;
  • • Cirurgia corretiva: tratamento de cicatrizes de acne, tatuagens, manchas, etc.;
  • • Cirurgia cosmética: transplante de cabelos, cirurgia de pálpebras, lipoaspiração tumescente, e outras;
  • • Procedimentos dermatológicos: toxina, laser, etc.

Os cirurgiões dermatológicos são os profissionais que possuem mais condições de cuidar de problemas como um hematoma, uma cicatriz ou uma mancha, pois são médicos completos e especializados em doenças de pele e procedimentos, que dominam todos os processos.

Fonte
Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica